Por que a Agronomia é tão relevante na Bahia?

agronomia na bahia

A agricultura é essencial para subsistência da sociedade. É um campo em constante desenvolvimento, com diversas oportunidades de emprego. Aliás, ela é uma das principais atividades econômicas do Nordeste.

Neste artigo, mostraremos o porquê de a Agronomia na Bahia ser tão relevante. Você compreenderá mais sobre o trabalho do profissional especialista na área, a relevância do agronegócio no Brasil e muito mais. Quem sabe você não se interessa em cursar uma graduação em Agronomia e seguir carreira na área? Confira!

O que faz um agrônomo?

A Agronomia é um campo multidisciplinar que abarca Ciências Naturais, Exatas, Sociais e Econômicas. Todas elas atuam em conjunto para aumentar a compreensão sobre a importância da agropecuária no dia a dia em sociedade, mas também para aperfeiçoar práticas tanto agrícolas quanto zootécnicas.

O surgimento dessa área de conhecimento deu-se a partir da identificação da necessidade de sobrevivência humana na Terra. Com o tempo, ela foi sendo trabalhada e tornou-se mais abrangente, impactando diretamente a economia mundial.

Logo, o trabalho de um agrônomo consiste em melhorar a qualidade e a produtividade de plantações e de rebanhos de animais, mas também de produtos agroindustriais. Cabe ao profissional planejar, coordenar e executar todas as fases de um agronegócio.

Por isso, ele acompanha de perto o preparo e o cultivo do solo, a colheita, o armazenamento e a maneira como os alimentos serão distribuídos. Quando se trata da pecuária, é o agrônomo que fica responsável pela alimentação do rebanho, pela reprodução, pela saúde e pelo abate.

De forma geral e por exigir multidisciplinaridade do profissional, o curso na área aqui na Unime contempla matérias como:

  • morfologia vegetal;
  • anatomia e fisiologia dos animais;
  • genética agrícola;
  • fundamentos da topografia;
  • saúde animal;
  • produção de sementes e de mudas;
  • desempenho de máquinas e de implementos agrícolas;
  • botânica;
  • sistemas de classificação;
  • ecologia florestal.

Perfil do profissional

Quem opta por fazer o curso de Agronomia e seguir a carreira na área pode esperar uma formação ampla, com tendência humanística. O profissional precisa ter um forte alinhamento com o conhecimento científico, sabendo manejar os ecossistemas de maneira sustentável.

É crucial também que o agrônomo seja multidisciplinar e tenha facilidade em relação às novas tecnologias, pois elas são de suma importância para o desenvolvimento do setor.

Além disso, é esperado que o profissional seja habilitado na identificação de problemas e proponha soluções ligadas à produção de alimentos, fibras e energia, bem como compreenda sobre gestão de empreendimentos rurais.

Sem contar a visão sistêmica, interdisciplinar e ética de processos gerenciais que se faz presente no cotidiano da profissão. No mais, o agrônomo precisa ter proatividade, boa comunicação, facilidade na atuação em equipe, orientação para resultados, entre outras características.

Como é o mercado para este profissional?

As possibilidades de atuação de um profissional formado em Agronomia são variadas, pois o mercado de trabalho está aquecido e tem uma grande absorção de profissionais. O agronegócio, com grande presença na economia brasileira, representa uma fatia significativa do PIB (Produto Interno Bruto) do país.

Vale lembrar que o Brasil é um dos maiores produtores de alimento do mundo, tendo potencial para ser o maior produtor mundial. Tal fato deve-se à alta disponibilidade de recursos naturais, especialmente os climáticos, ajudando, assim, na produção de alimentos. Sem contar que os produtores brasileiros investem constantemente em tecnologia, o que os diferencia positivamente na hora de produzir os alimentos.

Logo, a demanda por esse profissional é uma constante crescente, existindo a possibilidade de atuação tanto no setor público quanto privado. No caso de empresas privadas, as maiores demandas estão em propriedades rurais, na indústria agropecuária, de insumos e de equipamentos. Já nas públicas, as possibilidades estão dentro de órgãos ligados à agricultura e à pecuária em diferentes hierarquias.

Por que o mercado de Agronomia na Bahia é promissor?

De acordo com estudo da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia, divulgado em matéria do Correio 24h, mais de 23% da economia baiana é composta pelo agronegócio, sendo esse percentual a participação que o setor tem no PIB do estado.

Nos primeiros 6 meses de 2019, por exemplo, o agronegócio baiano gerou cerca de R$ 33,3 bilhões. O valor é composto pela produção, mas também pela mão de obra, transporte, atividades ligadas ao setor, entre outras.

Vale destacar que a Bahia é o maior produtor nacional de cacau, mas também de sisal, mamona, coco, feijão e mandioca, sendo as duas últimas culturas voltadas basicamente para a subsistência. O estado também tem representatividade na agricultura do milho e da cana-de-açúcar. A pecuária merece destaque, especialmente a bovina. A caprina também registra altos número no setor.

O que chama a atenção é o fato de o estado começar a se tornar um expoente no cultivo de soja. Ainda segundo a mesma fonte anterior, a cultura da soja é uma das mais importantes para o país, sendo o produto mais exportado. Só em 2019, a movimentação foi de 34,78 bilhões de dólares. A Bahia também se destaca na produção de frutas frescas, sendo um grande importador e exportador.

Ou seja, a unidade federativa tem grande destaque no cenário do mercado nacional, o que impacta diretamente a demanda por profissionais ligados ao setor. Sem contar que há um crescente desenvolvimento da agricultura familiar, o que tem incentivado cada vez mais pessoas a seguirem por esse caminho. São cerca de 1,5 milhões de pessoas atuando nesse segmento específico.

Com relação à remuneração, aqui em Salvador, a média salarial do agrônomo é de R$ 6.730,23. O valor pode variar conforme a região e dependendo do cargo. O teto salarial pode chegar a R$ 19.744,26.

Fazer Agronomia na Bahia é uma carreira promissora. Como mostramos, o mercado está aquecido, e bilhões são exportados anualmente. O interessante é fazer uma graduação na área, visto que é preciso especialização para garantir a eficácia da atuação.

O curso da Unime é voltado especialmente para produtores rurais e pessoas interessadas no mercado do agronegócio. A ideia é prover uma forma de essas pessoas aumentarem a produção e a eficácia das terras, bem como atuar em empresas cada vez mais exigentes e ligadas ao segmento de Agronomia em território baiano.

Se você tem interesse em fazer Agronomia e gostou deste conteúdo, compartilhe-o nas suas redes sociais. Assim, mais pessoas poderão conhecer essa área que oferece uma série de oportunidades!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

cursos da unime

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.