Descubra as principais atividades econômicas da região Nordeste

economia da região nordeste

O Nordeste é de grande importância ao país. Com a produção de cana-de-açúcar, por exemplo, trouxe-nos riquezas durante séculos da nossa história. Hoje, é considerada a terceira maior região econômica e continua se desenvolvendo ao longo dos anos.

De acordo com o Diário Econonômico ETENE, 6 de seus estados cresceram acima da média, resultado influenciado pelas principais atividades econômicas da região Nordeste:

  • agropecuária;
  • serviços;
  • indústria;
  • turismo.

Que tal conhecermos cada um desses pontos com mais detalhes? Siga na leitura!

Quais as principais atividades econômicas da região Nordeste?

É fato que as características econômicas da região variam de acordo com cada localidade, como: Meio-Norte, Zona da Mata, Agreste e Sertão. Contudo, de modo geral, toda a região é bastante participativa nos aspectos que você confere a seguir.

Agropecuária

Agricultura e pecuária trazem bastante força econômica. A cana-de-açúcar ainda é o produto mais importante, principalmente para Paraíba, Pernambuco e Alagoas. Soja e cacau se destacam na Bahia. O cultivo de outras produções, como café, milho, feijão, arroz, banana, algodão, sisal, mandioca, coco e castanhas também predomina.

A criação de bovinos é forte em Maranhão, Piauí e Bahia. A de caprinos também é importante, já que esses animais são considerados mais resistentes às condições climáticas.

Toda a produção agropecuária ainda colabora para o crescimento do agronegócio no Nordeste. Com superavit de US$ 6 bilhões no comércio exterior, a região apresenta o melhor desenvolvimento do país, segundo o Caderno Setorial ETENE.

Serviços

O setor de serviços tem enorme atuação na economia da região Nordeste e foi considerado o responsável por 49,3% das ocupações no terceiro trimestre de 2018, de acordo com o IBGE e divulgado pelo ETENE. Ele abrange atividades como:

  • educação;
  • saúde humana;
  • serviços sociais;
  • defesa;
  • administração pública;
  • comunicação;
  • finanças;
  • entre outras.

Indústria

Temos várias indústrias com ótimos resultados em grande parte da região. Em Caçamari, na Bahia, por exemplo, há o maior complexo industrial integrado da América do Sul. Seu polo petroquímico é responsável por montagem de carros e serviços provenientes da indústria de aço.

A indústria petrolífera é explorada na região litorânea e processada na Refinaria Landulfo Alves, em São Francisco do Conde, Bahia. A produção do petróleo, por sua vez, fica a cargo de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Também não podemos deixar de mencionar o Centro Industrial de Aratu, na Bahia, que conta com muitos empreendimentos químicos, alimentícios e metalúrgicos.

Turismo

A região apresenta clima e belas paisagens naturais, colaborando para o turismo, e recebe não apenas brasileiros, mas sobretudo muitos estrangeiros. Isso ainda favorece os pequenos comércios locais, como o de artesanato, o qual é muito forte na região.

Com investimentos em redes hoteleiras e em obras de infraestrutura de transportes (rodovias, ferrovias, aeroportos), o Nordeste tem condições para tornar essa atividade ainda mais favorável.

Por que são destaque na região?

Diversas características do Nordeste colaboraram para que essas atividades econômicas se tornassem destaque.

A Zona da Mata, por exemplo, tem grande extensão litorânea, além de ser uma região onde se encontram seis das nove capitais nordestinas. Essas características beneficiaram o crescimento de atividades relacionadas à prestação de serviços. A pesca, muito praticada e considerada parte da cultura, também é responsável pela geração de centenas de empregos nas localidades.

O Sertão, por sua vez, contou, na história do período colonial, com clima e vegetação propícios à produção de gados. Isso foi, aos poucos, sendo percebido como vantajoso à economia, tanto é que o investimento na atividade persiste ainda hoje.

Já o Agreste foi uma região auspiciosa à organização de médias e de pequenas propriedades familiares. Isso facilitou o desenvolvimento da agricultura e, assim como o Sertão, da pecuária.

A oportunidade para a agropecuária também colaborou para o desenvolvimento de indústrias, principalmente as de laticínios, couro e carne. Outro fato colaborativo para o setor industrial foi a boa produção de petróleo em algumas localidades.

Já o turismo foi favorecido devido à beleza da região, que conta com cidades litorâneas, regiões montanhosas e centros históricos. Em épocas como férias e carnaval, ele é ainda é forte.

Quais as profissões mais requisitadas no Nordeste?

O mercado de trabalho no Nordeste é bastante propício a profissões relacionadas às atividades econômicas da região. Veja algumas delas!

Engenharia de Produção

Focado em comércios e em indústrias, Engenharia de Produção é um dos cursos mais procurados no Nordeste. O profissional é responsável por garantir a eficiência de processos produtivos, de modo a gerenciá-los, buscando qualidade e economia.

Aqui na Unime, o curso tem duração média de cinco anos e aborda disciplinas como:

  • ciências exatas;
  • ciências da computação;
  • gestão financeira e econômica;
  • gestão de pessoas;
  • gestão da qualidade.

Logística

Com foco em otimizar a produção e a organização em qualquer meio de trabalho, o curso de Logística também fornece um diploma valorizado. Da mesma forma que o anterior, possibilita empregos em indústrias, em comércios e no setor de serviços.

A duração média é de dois anos e envolve matérias como:

  • gestão de estoques e de armazenamento;
  • gestão financeira;
  • gestão de cadeia de suprimentos;
  • gestão de transporte e de infraestrutura.

Administração

O curso de Administração é outro requisitado. Responsável por lidar com todos os aspectos de uma empresa, como pessoas, finanças e materiais, o administrador é uma das pessoas mais importantes em qualquer negócio. Na graduação da Unime, ele adquire conhecimentos relativos a planejamento, organização, direção e controle, de modo a conduzir a empresa ao crescimento e a maiores lucros.

A duração do curso é de cinco anos. Algumas das disciplinas estudadas são:

  • gestão de pessoas;
  • finanças e orçamentos;
  • contabilidade;
  • planejamento estratégico;
  • mercado e marketing.

Quais mercados estão em ascensão?

Um dos grandes mercados em alta no Nordeste é o de automóveis. Um dos motivos para isso é o programa Rota 2030, aprovado em 2018, na Câmara dos Deputados, que prevê incentivos do governo para crescer ainda mais esse setor.

O objetivo é aumentar a produção de automóveis mais modernos, o que terá como consequência a geração de empregos. O Nordeste, por abrigar indústrias dessa área, será favorecido.

Enfim, saber as principais atividades econômicas da região Nordeste é de grande importância para quem deseja um futuro promissor no mercado de trabalho. Investir em uma graduação tornará o caminho ainda mais propício ao seu sucesso.

Gostou do artigo? Continue sua leitura no blog e descubra outros temas do seu interesse!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 14

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

cursos da unime

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.