Por que a Arquitetura é tão importante para a Bahia?

arquitetura bahia

Famosa por suas belas praias e por sua culinária impecável, a Bahia também é sinônimo de beleza arquitetônica. Entre suas maravilhas, podemos citar Farol da Barra, Elevador Lacerda, Palácio da Aclamação, Hotel da Bahia, Igreja do Bonfim, Sé Primacial do Brasil, Forte São Marcelo, entre tantas outras.

Mas, além dos encantos estruturais, existem outros quesitos importantes quando pensamos na relação entre Bahia e arquitetura. Vamos entender melhor cada um deles? Continue nas próximas linhas e conheça um pouco mais características da arquitetura na Bahia!

Há um contexto histórico da família Real

Bahia é só Carnaval e festa? Claro que não! O estado também é uma grande referência histórica e cultural. O Palácio Rio Branco, localizado na Praça Tomé de Souza, começou a ser construído ainda no governo de Tomé de Sousa, o primeiro governador-geral do Brasil, que exerceu o cargo entre 1549 a 1553. A construção foi o centro da administração portuguesa e a primeira Casa do Governo.

O espaço ainda abrigou Dom Pedro II, em sua visita à Bahia, nos anos 1800, sendo sua residência provisória por algum tempo. Até o fim do século XIX, o local ainda exibia a velha fachada colonial portuguesa.

Outro fato histórico sobre o local foi sua invasão pelos holandeses, em 1624, que renderam o então governador-geral da colônia, D. Diogo Mendonça Furtado.

Salvador já foi capital do país

Salvador, uma das mais lindas cidades do Nordeste, foi a primeira capital do país! Durante 214 anos, a cidade foi o centro de todo o governo do Brasil. Um dos motivos da escolha foi o fato de o local ser o maior produtor de cana-de-açúcar, uma das grandes riquezas na época.

Isso fez com que, durante muitos anos, todo o foco se voltasse ao estado, que recebeu diversos incentivos. O resultado, hoje, é um centro histórico com alguns dos pontos turísticos mais famosos do Brasil.

É berço da arquitetura moderna

Bahia contou com o principal arquiteto do modernismo, Diógenes Rebouças. Ele foi responsável por diversos projetos, como o antigo Complexo Esportivo da Fonte Nova, os prédios do Hotel da Bahia e a Escola Parque, além do paisagismo de Salvador.

A Avenida Centenário, por exemplo, foi a primeira avenida moderna de Salvador. O Hotel da Bahia é considerado, do ponto de vista estético, uma das obras mais importantes do Brasil. Ele mistura referências da arquitetura moderna internacional e, ao mesmo tempo, conta com características bem brasileiras.

Inclusive, há diversos prédios tombados em Salvador, muitos deles ícones da arquitetura moderna.

Tem retorno turístico

O turismo é um ponto forte para a Bahia e sua arquitetura. O estado conta com importantes e belos monumentos, que são exemplares de diferentes estilos e vertentes, como neocolonial, barroco, neoclássico, eclético e contemporâneo. Alguns são os seguintes.

Farol da Barra

A obra é típica da arquitetura colonial portuguesa e foi o primeiro forte edificado aqui. Abriga o Museu Náutico da Bahia, que conta com um acervo histórico, como instrumentos usados em navegações, miniaturas das embarcações e objetos que chegaram a ficar submersos na água por 300 anos. O local é, ainda, um dos melhores para se apreciar o pôr do sol.

Elevador Lacerda

Outro símbolo da cidade, ele foi o primeiro elevador do mundo a servir de transporte público. Sua construção data de 1869 e foi considerado um grande desafio para a engenharia na época. Foi tombado em 2006 e é considerado um dos ícones da arquitetura brasileira.

Palácio da Aclamação

Outro representante da arquitetura da Bahia, com sua bela fachada no estilo neoclássico, o Palácio da Aclamação é um dos museus mais importantes. Dentro, conta com mobiliários nos estilos Dom José e Luís XV, além de tapetes, de cristais e de telas de pintores famosos. O espaço chegou a abrigar visitantes ilustres, como a rainha da Inglaterra, Elisabeth II, em 1968.

Igreja do Bonfim

A arquitetura é neoclássica, e a igreja é considerada uma das mais tradicionais do Brasil. Foi erguida a partir de 1745, quando imagens do Senhor Jesus do Bonfim e de Nossa Senhora da Guia foram trazidas de Portugal.

Catedral Basílica Primacial

Foi inaugurada em 1672. É a antiga capela do colégio dos jesuítas e, apesar de ter sido construída no período Barroco, tem estilo geral maneirista. Sua fachada e o revestimento no interior são de pedra lioz, trazida de Portugal especialmente para a construção.

Casa do Rio Vermelho

Foi a casa de Zélia Gattai e de Jorge Amado e hoje funciona como um museu. Lá, é possível conhecer toda a produção literária e artística do casal. A arquitetura tornou o espaço amplo, arejado e agradável.

Praça da Sé

Foi construída no espaço onde se situava a antiga Igreja da Sé, do século XVI, que foi destruída, em 1930, para a passagem de um bonde.

Colina Sagrada

Situa-se em frente à igreja do Bonfim e conta com pavimentação de pedras portuguesas que combinam com todo o mobiliário urbano.

Conta com arquitetos reconhecidos

Além do já citado Diógenes Rebouças, Bahia conta com vários arquitetos influentes, como José Raimundo Marcelino, Cristina Calumby, Isabel Gonçalves e Marlon Gama. São profissionais que atuam no estado e trazem suas contribuições para que a arquitetura baiana continue prosperando.

Morar na Bahia é poder desfrutar das praias, da culinária, das belezas e da hospitalidade de cidades como Salvador e Lauro de Freitas. É, ainda, ter contato direto com a história do nosso país e com todos os seus monumentos que marcaram importância ao longo dos séculos.

Tirar o grau de Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo no estado permite um contato ainda mais próximo com os conhecimentos teóricos e técnicos da profissão. Para isso, investir em uma faculdade de renome é essencial para tornar-se um profissional diferenciado. A Unime é uma instituição local e está bem preparada para fornecer aos alunos a qualificação necessária à atuação no mercado.

A Bahia e sua arquitetura fazem com que o estado seja um dos mais bonitos e importantes do Brasil. Andar por suas ruas é deparar-se com muitas cores misturadas a traços de um passado colonial. Gostou de conhecer um pouco mais da riqueza desse estado?

Então, que tal pensar em cursar a Arquitetura na Bahia? Caso queira informações sobre nosso vestibular, é só entrar em contato!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

cursos da unime

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content