Como tem sido a evolução da tecnologia no Nordeste?

painel solar representando o uso da tecnologia no nordeste

Quando ouvem falar dos estados nordestinos, algumas pessoas pensam em, pelo menos, duas coisas: beleza litorânea e atraso econômico. Esse último aspecto, em especial, recebe muita atenção da mídia, infelizmente. Porém, existe um lado positivo que precisa ser divulgado para o Brasil e o mundo: a tecnologia no Nordeste.

Neste artigo, resolvemos aqui na Unime “lançar luz” sobre o desenvolvimento tecnológico da região Nordeste. Falaremos também dos impactos desse progresso na economia local. Acompanhe os próximos tópicos!

Qual é a importância da tecnologia na região Nordeste?

A tecnologia transforma a economia e a qualidade de vida no Nordeste. Com a ampliação da oferta de serviços tecnológicos, surgiram setores específicos que fomentam oportunidades de emprego, o aumento de instituições de ensino com cursos para a área e a criação de institutos de pesquisa para inovação.

Em vista disso, o Nordeste ganhou destaque no cenário da tecnologia nacional. De acordo com o estudo “Mercado brasileiro de software – panorama e tendências”, produzido pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES), a região contribui com mais de 10% do valor total do mercado interno de TI (Tecnologia da Informação) atualmente em US$ 46.637 milhões.

Quais avanços na tecnologia têm sido observados?

O crescimento da inovação no Nordeste é percebido em várias áreas econômicas. Porém, citaremos os três setores que mais impulsionaram o desenvolvimento da região em virtude do investimento em tecnologia.

Energias renováveis

O Nordeste é referência nacional e mundial na geração de energias renováveis, como solar, biomassa e eólica. Falando sobre esse último tipo de energia limpa, um estudo realizado pela Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ) apontou que a região é responsável por 85% da produção brasileira.

Além do benefício ecológico, as energias renováveis sustentam o setor de geotecnologias. Por exemplo, é necessário mão de obra capacitada para desenvolver e operar as ferramentas digitais que permitem o estudo e a frequência dos ventos. O objetivo é encontrar as melhores áreas para a instalação de aerogeradores.

Feito isso, as usinas geradoras de energia eólica demandam profissionais qualificados, com ensino superior, para manusear equipamentos. Sem falar das pesquisas voltadas para melhorias em processos e sistemas.

Devido a essa necessidade, não é difícil encontrar uma faculdade no Nordeste com cursos voltados para o setor de tecnologias. Assim, cursos de Engenharia Elétrica e Análise e Desenvolvimento de Sistemas são boas apostas para se inserir no setor.

Empresas de tecnologia

Com o crescimento do Nordeste, muitas empresas de tecnologia instalaram-se em vários estados da região. Algo que favoreceu muito essa atração de negócios foi a criação de centros de inovação. Um artigo do portal UOL citou o Hub Tecnológico de Pernambuco que engloba:

  • o Porto Digital;
  • o Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco (CIn-UFPE);
  • o laboratório de inovação do Ministério Público (MP Labs) etc.

Para estimular ainda mais o número de empresas no Nordeste, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (SECTI) tem projetos para o desenvolvimento da gestão do conhecimento. Dessa forma, muitos profissionais são formados para trabalharem nas organizações. Os cursos que mais se destacam na área são de Sistema de Informação e Engenharia da Computação, por exemplo.

Esse é também um meio de inclusão social, pois, entre os profissionais, aumenta o número de mulheres na tecnologia. Sem dúvida, toda essa mão de obra capacitada favorece a migração de startups para a região.

O que esperar do futuro da tecnologia no Nordeste?

Sim, o Nordeste pode olhar para futuro com confiança. Afinal, além dos investimentos citados neste artigo, nota-se também a inserção do conceito “capitalismo informacional”, ou seja, a cultura de expansão, de desenvolvimento e do uso da tecnologia da inovação.

Quanto às oportunidades de emprego na área, os alunos aqui da Unime contam com uma ajuda extra exclusiva: é a plataforma Canal Conecta que traz vagas de emprego e estágio em todo o país e torna possível que os graduados em tecnologia encontrem boas vagas.

Como você viu, vale a pena morar e fazer a vida profissional no Nordeste — uma das regiões que mais crescem em tecnologia no Brasil.

O que achou de nosso artigo? Entendeu como a tecnologia no Nordeste é cheia de oportunidades de crescimento para o futuro? Então, compartilhe essa informação com os seus contatos nas redes sociais. Eles vão agradecer muito!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

cursos da unime

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.