Agricultura da Bahia: por que o mercado gera tantas oportunidades?

agricultura da bahia

A agricultura na Bahia vem se fortalecendo nos últimos anos, e isso gera inúmeras oportunidades de trabalho. Segundo último censo da área, são cerca de 2,1 milhões de pessoas ocupadas com atividades agropecuárias no estado — isto é, cerca de 1 em cada 7 habitantes do estado trabalha no setor.

Outra característica local é a diversidade. Inúmeros são os exemplos de produtos que compõem a agricultura da Bahia:

  • cana-de-açúcar — 3,7 milhões de toneladas;
  • cacau — 85,2 mil toneladas;
  • café arábica — 52 mil toneladas;
  • café canephora — 65,4 mil toneladas;
  • soja — 4,9 milhões de toneladas;
  • algodão herbáceo — 904.270 toneladas.

Para entender por que o segmento gera oportunidades de trabalho, não deixe de conferir este conteúdo. Aqui na Unime, trouxemos informações importantes para esclarecer o cenário da agricultura e sua representatividade na economia da Bahia. Você vai ver os seguintes tópicos:

  • a força da agricultura familiar e sustentável na região;
  • o modelo de gestão adotado pelo governo do estado;
  • as áreas com maior demanda profissional;
  • as perspectivas de crescimento da agricultura baiana.

Boa leitura!

A força da agricultura familiar e sustentável na região

A agropecuária da Bahia tem forte presença da agricultura familiar. Ao todo, 79% dos trabalhadores do segmento apresentam algum laço de parentesco com o produtor — segundo o Censo Agropecuário, cerca de 1.664.903 pessoas ocupadas estão nessa condição.

Consequentemente, boa parte da empregabilidade da Bahia é explicada pela abrangência da agricultura familiar. Não só ela gera empregos diretos, mas por toda a cadeia de valor.

Por exemplo, a indústria e a Agronomia na Bahia são fortalecidas pelo segmento. Há, ainda, um grande mercado relacionado à produção, à distribuição e à comercialização dos produtos, bem como para suprir as demandas de insumos, tecnologia e serviços dos produtores.

Para isso funcionar, a sustentabilidade torna-se o foco das políticas públicas. Ações com o objetivo de manter e de recuperar os recursos naturais, evitar conflitos sobre terras e recursos hídricos, conscientizar os trabalhadores sobre a legislação ambiental etc. são necessárias para que, no longo prazo, a agricultura na Bahia permaneça viável e garanta o sustento de todos.

Modelo de gestão adotado pelo governo do estado

Um destaque importante no trabalho voltado para todos os produtores é a forma como o governo estadual passou a lidar com questões históricas. Entre as iniciativas, destacamos o projeto Bahia Mais Forte, que busca a regularização de terras, permitindo que a agricultura familiar cresça e gere empregos com mais segurança e estabilidade.

Existe, ainda, grande preocupação com desenvolvimento tecnológico e com a sustentabilidade no estado. E os efeitos na agricultura da Bahia já são vistos, principalmente, no crescimento do valor de produção. Não à toa, está cada vez mais representativa na agricultura do Nordeste, sendo já responsável por 77% dos alimentos que chegam à mesa dos baianos.

Áreas com maior demanda profissional

Se você quer fazer faculdade na Bahia, é importante ficar atento às oportunidades na cadeia de valor agrícola — do cultivo até o produto chegar às prateleiras do supermercado, há uma grande demanda por profissionais qualificados.

Mais diretamente envolvido na produção, o agrônomo é um profissional com um grande volume de oportunidades. Já administradores, contadores e analistas de logística costumam ter oportunidades nas empresas que fornecem para os produtores ou são abastecidas por eles.

Além deles, os engenheiros mecânicos encontram boas oportunidades nos negócios que fornecem maquinário para o campo, como colheitadeiras, semeadeiras, adubadeiras e tratores — ao todo, existem mais de 2 milhões de unidades dessas máquinas atuando na agricultura local. Essa lógica também vale para os engenheiros químicos e os engenheiros de produção, que podem encontrar vagas nas indústrias relacionadas ao campo.

As perspectivas de crescimento da agricultura baiana

As projeções para a agricultura na Bahia são bastante positivas. Além da maior relevância dentro das atividades econômicas do Nordeste, o setor é considerado essencial, mantendo suas atividades mesmo em cenários de crise.

Segundo projeções da SEPLAN, a tendência é de a agricultura se consolidar em relação à modernização de suas práticas, principalmente em relação aos investimentos em infraestrutura e em logística. Logo, podemos esperar mais oportunidades para profissionais qualificados.

Sendo assim, se você quer aproveitar as oportunidades da agricultura na Bahia, não deixe de buscar uma formação de nível superior. Diversos cursos da Unime podem ajudar você a ter mais empregabilidade e conquistar uma boa colocação no mercado.

Se quiser entender mais sobre como é a economia local e as vantagens de viver no estado, confira nosso conteúdo com 7 motivos para arrumar as malas e se mudar para Bahia!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

cursos da unime

Dê mais um passo na direção da carreira dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

    Achei muito bom, são vários conteúdos e informações proveitosas.

    Aqui é a Camila parabéns pelo conteúdo do seu site gostei muito deste artigo, tem muita qualidade vou acompanhar o seus artigos.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content